segunda-feira, 31 de março de 2014

Alimento industrializado é veneno !!!


 
O nutricionista Fábio Gomes, do INCA, explica que muitos alimentos possuem fatores mutagênicos, ou seja, lesam as células humanas e alteram o material genético que existe dentro dela. "Esse processo leva a uma multiplicação celular muito maior do que o normal e, em consequência, pode aparecer um tumor". Muitos desses alimentos não apresentam qualquer benefício à saúde e podem ser facilmente riscados do cardápio. Veja quais são e modere no consumo dos alimentos que predispõem a doença. 

Linguiça, salsicha, bacon e até o peito de peru contêm quantidades consideráveis de nitritos e nitratos. Essas substâncias, em contato com o estômago, viram nitrosaminas, substâncias consideradas mutagênicas, capazes de promover mutação do material genético.

"A multiplicação celular passa a ser desordenada devido ao dano causado ao material genético da célula. Esse processo leva à formação de tumores, principalmente do trato gastrointestinal", explica Fábio Gomes.

A recomendação do especialista é evitar esses alimentos, que não contribuem em nada com a saúde.  
A substância cancerígena 4-metinilizadol (4-MI), também chamada de corante caramelo, está presente nos refrigerantes tipo cola (Coca-Cola e Pepsi são os mais conhecidos) e também em outros produtos que fazem parte da dieta pouco saudável do brasileiro.

Cerveja, achocolatados, doces de confeitaria, molhos curry e vinagre, além de salsichas, sopas e sucos industrializados são só alguns exemplos.

 

Na semana passada, um comunicado feito pelo Instituto de Defesa do Consumidor dos Estados Unidos alertou sobre o risco aumentado de câncer em camundongos expostos às doses altas do 4-M1.

 

A entidade – sigla em inglês CSPI – pediu providências do órgão sanitário norte-americano, o FDA, que regula o consumo de alimentos e medicamentos nos EUA. O FDA se posicionou dizendo que ainda não há evidências sólidas sobre os prejuízos acarretados à saúde humana e que seria necessário beber “mil latinhas de refrigerante por dia para ter algum efeito tóxico”.

 

Ainda assim, o estado da Califórnia (EUA) determinou a redução da substância nos refrigerantes cola de 150 mg para o limite máximo de 29 mg – caso contrário, mensagens de alerta sobre as sequelas tóxicas devem estampar as embalagens dos produtos.

 

A Coca-Cola, em comunicado oficial, anunciou que pode modificar a sua fórmula, sem que o sabor ou coloração do produto sejam alterados. Nos Estados Unidos, a modificação na produção industrial já começou, conforme noticiou o jornal inglês The Guardian

“Muitos alimentos utilizam o corante caramelo além dos refrigerantes, doces e balas de caramelo, por exemplo”, afirma o toxicologista do Instituto da Criança da Faculdade de Medicina da USP, Anthony Wong.

“Mas para as pessoas que estão apreensivas, é bom alertar que o corante não é um nutriente essencial à saúde. Em vez de refrigerante, pode se optar por sucos de frutas naturais ou água mineral”, sugere.

 

No Brasil

 

Na avaliação de Wong, a restrição mais incisiva ao uso do corante caramelo deveria ser adotada como norma sanitária no País, como foi feito recentemente com a utilização do bisfenol A – composto cancerígeno presente em mamadeiras e chupetas, proibido no ano passado. 

Muitos desses alimentos não apresentam qualquer benefício à saúde e podem ser facilmente riscados do cardápio. Veja quais são e modere no consumo dos alimentos que predispõem a doença.

Assistam ao documentário: Alimentos e água contaminada, de Alex Jones no youtube . E
 veja o alerta,sobre o veneno que estamos consumindo da indústria alimentícia.

 

domingo, 30 de março de 2014

A Elite humilha os pobres e o povo gosta.



A atriz Katiuscia Canoro faz a personagem Humbelinda no Zorra Total . Este quadro está no ar,desde o dia 28 de setembro de 2013,o quadro havia estreado com diversas críticas ao programa Mais Médicos através de piadas (que só se percebe pelas risadas ao fundo, porque não se consegue esboçar um riso em toda a cena), solta pérolas impressionantes na telinha. “Vocês querem aprender espanhol para que? Já sei, vão contrabandear bugiganga na Ponte da amizade né?” ou ainda: “O governo humilha os pobres, e os pobres vão humilhar quem? Os estrangeiros, que tem menos direitos que vocês!”. Mais: “Os médicos estrangeiros vem ajudar vocês? Não. Vem para ser humilhados pelo governo.”

E no programa deste último sábado dia 29 de março, fez piada em cima das duras condições dos trabalhadores em carvoarias. O que me parece é que este quadro do Zorra Total, representa a elite humilhando e menosprezando a população mais carente de uma forma explícita.

É só lembrar do papel da Rede Globo na época da ditadura, eles diziam que estavam sendo vítimas da repressão e da censura, mas na verdade, agiam em comum acordo com os interesses dos políticos do regime militar. Tanto que no movimento das diretas já, em 1984,o povo estava reunido na Praça da Sé protestando, e o Jornal Nacional mentiu dizendo que estavam fazendo apenas uma festa, não dando a real dimensão do movimento político que estava em andamento. Mentiram descaradamente, assim como também manipularam diversas notícias com interesses políticos. Assistam o documentário Beyond Citizen Kane (Muito Além do Cidadão Kane)para entender melhor esses fatos, é um documentário televisivo britânico de Simon Hartog exibido em 1993 pelo Channel 4, emissora pública do Reino Unido. O documentário mostra as relações entre a mídia e o poder do Brasil, focando na análise da figura de Roberto Marinho. Logicamente o video foi proibido aqui no Brasil, mas felizmente temos outras mídias como youtube para conferir isso.

Precisamos ficar mais atentos com o que é exibido na programação e sermos mais críticos, ou então programas como BBB, novelas e matérias distorcidas e manipuladas, sempre vão ser empurradas  goela abaixo, o telespectador deve ser mais consciente, e não depender só dessa mídia suja para formar sua opinião. Devemos contar com outras fontes de notícia e informação para saber a verdade, e não dizer amém para tudo que passa na Rede Globo, ou ainda em qualquer emissora que tenha o mesmo perfil.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Quem é Snoop Lion? Um velho conhecido.



Como Snoop Lion, ele fez participação em uma canção até mesmo, quem diria, com Eddie Murphy,veja as várias faces deste artista polêmico:

Calvin Cordozar Broadus nasceu na Califórnia(Long Beach, 20 de outubro de 1971), mais conhecido pelo seu nome artístico de Snoop Doggy Dogg.O segundo de três filhos de Beverly Broadus com Vernall Varnado, um veterano do Vietnã, cantor e carteiro, mencionado por Doggy como frequentemente ausente de sua vida. Batizado com o nome do seu padrasto, ganhou o apelido de "Snoop" de sua mãe e adotou o nome artístico de "Snoop Doggy Dogg" quando começou a gravar. Em meados de 2012, após uma viagem à Jamaica, anunciou que ia mudar o nome artístico para Snoop Lion e cantar músicas que "filhos e avós possam ouvir". No final de 2013 Snoop começou uma nova empreitada usando a alcunha de Snoopzilla ele formou dupla com Dâm-Funk e anunciou um album de funk. Snoop já atuou no cinema, com participações em desenhos.

Snoop Doggy Dogg, entrou no mundo do rap como um orgulhoso representante da Costa Oeste dos Estados Unidos. Em 1992, quando ele surgiu, a costa oeste era conhecida por rappers como Eazy-E, Dr. Dre, Ice Cube e Ice T, artistas considerados inteligentes e da linha gangsta rap, que pintavam um retrato realista e perturbador da vida.

Snoop Dogg começou a carreira como membro do grupo 213, que também incluía Warren G (meio-irmão de Dr. Dre) e Nate Dogg, conhecidos mais pelas suas carreiras solo do que pelo grupo. Os fãs de hip hop ouviram o estilo malandro de Snoop Dogg pela primeira vez com o filme de Dr. Dre, Deep Cover. Depois, ele apareceu no disco clássico de Dre, The Chronic, em que interpreta o sucesso "Nuthin' but a 'G' Thang", uma das muitas colaborações que reuniu os dois rappers ao longo dos anos.

Snoop Dogg era muito amigo de 2Pac, e chegou a compor músicas com ele quando ainda gravava pela Death Row Records. É notória também a sua amizade com o grande rapper-produtor Dr. Dre, que o lançou no mainstream do rap em sua primeira aparição no videoclipes de "Nuthin' but a 'G' Thong", do álbum The Chronic, de Dre, em 1992.

Seu primeiro lançamento, foi o álbum Doggystyle, um clássico de Gangsta rap/G-funk, lançado pelo célebre selo de hip hop, Death Row Records, do magnata Suge Knigt. Lançado em 1993, tornou-se o primeiro disco de estreia de um artista a chegar ao número 1 da parada geral da Billboard e recebeu encomendas antecipadas de 1,5 milhão de unidades. Doggystyle já vendeu mais de seis milhões de cópias e é considerado como um dos melhores álbuns de hip hop da história. O segundo álbum, e que já não contou com Dr. Dre na produção, saiu em 1996, e intitulava-se Tha Doggfather, que também estreou na primeira posição na Billboard.

Logo depois fechou contrato com a No Limit Records de Master P, tirou o "Doggy" do nome e gravou Da Game Is to Be Sold, Not to Be Told (1998), No Limit Top Dogg (1999) e Tha Last Meal (2000). Em 2002 o rapper passou para a Priority/Capitol e lançou Paid tha Cost to Be da Boss, que teve como maior êxito o tema "Beautiful", cujo videoclipe foi filmado em locações no Brasil (no Rio de Janeiro), e que contou com a participação de Pharrell Williams, do grupo The Neptunes. Fundou seu próprio selo, Doggystyle Records, distribuído pela MCA, e uma grife de roupas, a Snoop Dogg Clothing.

Seu lado cômico lhe proporcionou uma série de papéis em filmes como Baby Boy, de John Singleton, Dia de Treinamento, com Denzel Washington, Confusões no Lava-Jato (que também conta com participação de Eminem e Dr. Dre), e o filme de terror Bones, entre outros.

Em 18 de maio e outubro de 2001, Snoop Dogg foi multado e preso por porte de maconha. Em 2008 lançou o álbum Ego Tripping.

Em 30 de agosto de 2004 Snoop Dogg subiu ao palco com Linkin Park durante a música "Step Up/Nobody's Listening/It's Goin' Down" para adicionar a ela um verso da música "Gin and Juice". Depois do fim desse show foi encontrado fumando maconha no camarim do palco.

Em 2011 em uma de suas passagens pelo Brasil Snoop gravou a canção Obrigado, Brasil que conta com participação do rapper brasileiro Marcelo D2.

Em novembro de 2011 Snoop Dogg participou do festival SWU na cidade de Paulínia e cantou seus maiores sucessos.

Em 13 de Dezembro de 2011 Snoop Dogg em parceria com Wiz Khalifa lançam o álbum Mac & Devin Go to High School pela editora discográfica Atlantic Records em formato físico e digital. o álbum alcançou a posição # 29 na tabela Billboard 200, com aproximadamente 90 mil exemplares vendidos.

No final de 2013 Snoop trabalha em dois projetos as Mixtape "Thats My Work 2" tendo o single “Bad 4 Me” lançado no dia 11 de Novembro no canal do artista no Youtube. Snoop também trabalha em parceria com o produtor Dâm-Funk no álbum 7 Days of Funk, tendo dois singles lançados oficialmente eles são, Faden Away e Hit Da Pavement, o segundo foi lançado no dia 09 de Dezembro de 2013 no canal do artista no Youtube.   

 

quinta-feira, 27 de março de 2014

Jay-z é detonado por Prodigy



 

 Prodigy, nome artístico de Albert Johnson, (2 de novembro de 1974 em Long Island, Nova York) é um rapper americano membro e fundador do grupo de hip-hop Mobb Deep, juntamente com o rapper Havoc. Enquanto esteve na prisão em 2008, ele escreveu uma carta falando de Illuminati, Jay-Z e outras circunstâncias na indústria da música.

O Rapper ocasionalmente denunciou a filiação de Jay-Z com os Illuminati nos últimos anos. Aqui está um artigo URB sobre o assunto:

 Prodigy despejou mais teorias de conspiração por meio de uma carta manuscrita para URB. Desta vez, ele revela o momento em que seus olhos se abriram para a farsa que ele chama de "o governo, religiões, política, a Reserva Federal, e IRS". De acordo com P, em 1996, depois de ler um livro do Dr. Malichi Z. York intitulado Leviathan, ele ficou comovido de tal forma que chorou, e confessou que esse era o seu "momento de clareza." "Eu estava chorando por toda a humanidade, mas principalmente pelo meu povo negro porque eu percebi que era tudo uma farsa".

 "O governo, religiões, política, a Reserva Federal, a Receita Federal, e tudo o que acreditamos e vivemos é uma piada." Pior ainda, o rapper diz que muitos rappers populares estão cientes desses segredos da sociedade, mas optam por não falar sobre eles, por medo de não serem aceitos por empresas americanas. Um, em particular, é Jay-Z. Os segredos ocultos de Jay Z, Kanye West & Nas.

 "J.Z. conhece a verdade, mas ele escolheu o lado do mal, a fim de ser aceito no mundo corporativo. J.Z. esconde o fato da comunidade negra e do mundo, e promove o estilo de vida promíscuo em vez disso," ele escreve.

 Devido à recusa de Jay-Z a falar sobre os tópicos de Prodigy desde sua prisão, ele irá torná-lo um ponto, para fazer a guerra contra ele. "J.Z é um amaldiçoado por Deus. "Essa negatividade de que falo é uma entidade viva real que nos usa como alimento”. Devemos cortar os laços com ela, a fim de ver as coisas como elas realmente são. Esta energia negativa é criada e aproveitada pelo governo secreto Illuminati e eles vão fazer você espalhar essa energia, mesmo sem você saber. Jay-Z é um mentiroso. Tenho tanto fogo em meu coração que atacarei sem parar Jay-Z, Illuminati e todo tipo de mal que existe até que minha luz seja apagada, o que é quase impossível, pois meu poder nas ruas é incrível. Eu não tenho medo de nada e de ninguém. Não tenho medo porque a verdade me libertou dos Illuminati, da escravidão mental e agora fui fortalecido por Deus."“Mas pessoas como J.Z. estão muito bem conscientes. Ele foi educado pelo Dr. York. Estou disponibilizando informações preciosas, se vocês fizerem uma pesquisa, verão. Dr. York foi pego pelo FBI e estava cumprindo 135 anos em uma prisão federal. Eu não estou dizendo essas coisas sobre Jay-Z porque tivemos uma treta...""Jay-Z não é o único rapper "consciente" que está do lado do mal, mas é o mais influente..."

Em março de 2011, depois de passar 3 anos na cadeia por porte ilegal de armas Prodigy foi liberto.

 

 

 

 
 

Curiosidades: o belo na arte (Kant versus Hegel)





Kant investiga tão somente a experiência da beleza, ao passo que Hegel (1770-1831) trata da arte como um fenômeno histórico e como articulação lógica do espírito. A Estética de Hegel não é uma simples aplicação prática da teoria estética, é uma guinada delicada que muda totalmente o lugar atribuído ao juízo do gosto e à experiência estética por Kant. Se Kant insistia sobre a diferença entre experiência pura do belo e os interesses cognitivo, ético e sensorial, Hegel enfoca a beleza realçando precisamente os interesses ético e cognitivo que a arte efetua. Nas obras de arte, Hegel vê o belo através do prisma do objeto particular, contingente e sensível, embora ele seja, durante longos séculos, o mediador do movimento do espírito. (...) Tentando remediar o formalismo de Kant, a guinada hegeliana incorpora a arte ao movimento do conceito. As formas artísticas sustentam o processo de autodeterminação do espírito até a conquista da consciência de si. Hegel diagnostica o 'fim da arte', isto é, uma superação da imediatez da experiência estética. A Estética de Hegel subdivide-se em três partes: a primeira, sobre o belo artístico e o ideal; a segunda, sobre o desdobramento do ideal em três formas concretas; a terceira, sobre o sistema das artes.

1. O Belo Artístico. Na obra de Kant, tanto na natureza como a arte proporcionam experiências estéticas. Hegel modifica essa perspectiva. Para ele, é belo apenas aquilo que surge do espírito e para o espirito, ou seja, a arte é concebida como trabalho do espirito.(...) Privilegiando o belo artístico, isto é, a experiência da beleza mediada pelo trabalho espiritual, Hegel concebe a atividade artística como um momento que pertence ao trabalho do conceito, isto é, a um processo lógico e racional.

2. As três formas de arte. São formas que ritmam a evolução histórica da arte efetuando o trabalho dialético do conceito que medeia a representação e a apresentação, que constituem as duas faces ou as duas posições complementares da experiência estética. A primeira forma é chamada de 'arte simbólica' e coincide com as religiões naturais. Nesse estágio, o trabalho do conceito 'atravessa-trabalhando' a materialidade resistente dos objetos encontrados. O símbolo se coloca para si a tarefa espiritual da auto-interpretação, mas não consegue ainda resolver essa tarefa.

Na arte clássica, o símbolo estanque desse enigma será destronado por Édipo. Assim, a arte prepara a consciência de si, que, no seu ponto mais alto, faz surgir o pensamento filosófico. Se Kant faz da experiência estética, isto é, do prazer-desprazer que acompanha um juízo imediato, o espaço virtual que assegura a liberdade do juízo, Hegel sobrecarrega a experiência estética e a arte com a tarefa de fornecer formas concretas e cada vez mais efetivas da liberdade.

A forma de arte romântica (não confundir com o romantismo!) cumpre ainda essa tarefa. Sua figuração inicial trabalha e absorve progressivamente a negatividade da arte clássica.

3. O sistema das Artes. Na última parte da Estética, podemos verificar mais uma vez a orientação teológica do desenvolvimento dos gêneros artísticos. Esses são concebidos como efetuações palpáveis dos momentos lógicos do movimento do conceito. Na escultura rudimentar e na arquitetura sacral, aparece o espírito abstrato e exterior. Nas formas da escultura clássica, a presença espiritual torna-se humana, isto é, encontram-se conciliados os lados opostos do espirito e da sensibilidade - conciliação esta que o gênero dramático da tragédia desdobra e leva a uma nova mediação. Na arte romântica, os três gêneros - a música, a pintura e a poesia - fazem surgir a gama dos sentimentos interiorizados da humanidade. Entre esses gêneros, o mais espiritual é a poesia, na qual a palavra prepara a conciliação com a ideia. Nessa derradeira figura, a arte chegou ao seu fim: o espírito absoluto deixa a arte para efetuar-se na filosofia e nas formas institucionais que correspondem a esse saber livre e abrangente.

 

 

sábado, 15 de março de 2014

Chris Brown pode ser enquadrado


Chris Brown está a caminho da prisão. De acordo com o site, o cantor foi expulso, nesta sexta-feira (14), da clínica de reabilitação em que cumpria pena há quatro meses por infringir regras internas e, por isso, deverá  continuar a pena em uma cadeia.
O músico estava internado na clínica para "controle de raiva" após ser condenado por agredir a cantora Rihanna, em 2009, sua namorada na época. Ele também foi condenado a 90 dias de reabilitação após ser preso acusado de agredir um homem, em Washington, em novembro do ano passado.
Segundo redes de notícias, Chris foi expulso da clínica por "violar as regras". "Não sabemos se o que ele fez tem a ver com drogas ou violência", informou a fonte.
A carreira de sucesso de Chris Brown tem data para terminar. O rapper americano já havia anunciado em 2013, em sua página no Twitter que iria se aposentar dos palcos.
“Não se preocupe, América. Depois deste álbum, será provavelmente meu último álbum”, disse ele na rede social. Chris tinha acabado de lançar o disco “X”, com destaque para o hit “Love More”, que conta com participação de Nicki Minaj.
Em seguida, ele se justificou: “Ser famoso é incrível quando é por sua música e talento. Eu estou cansado por um erro que eu cometi quando tinha 18 anos. Eu estou bem e já passou”.

Chris Brown lançou o seu primeiro cd aos 16 anos de idade. Seu primeiro álbum "Chris Brown", foi sucesso absoluto, onde a canção "Run It" ficou em primeiro lugar na Bilboard Hot 100. O disco vendeu mais de 2 milhões de cópias só nos Estados Unidos.
Christopher Maurice Brown nasceu no dia 5 de Maio de 1989, na cidade de Tappahannock, em Virginia. Sua relação com a música começou desde pequeno, onde costumava ouvir cds de soul e demonstrar interesse pelo hip hop. Sempre fez questão de citar em suas entrevistas que tem Michael Jackson como sua maior inspiração artística. Aprendeu a cantar e dançar sozinho e começou a fazer apresentações na sua igreja. Em 2004, Chris Brown fechou contrato com a gravadora que lançou seu primeiro cd, a Jive Records. Sua carreira de sucesso começou de forma precoce, juntamente com as notícias ruins e problemas de agressão, vamos ver se ele vai superar isso tudo, e se vai aposentar realmente.  

quinta-feira, 13 de março de 2014

A verdade sobre Tiradentes


Segundo o escritor francês Balzac, há duas histórias: a Oficial, que é

mentirosa e a Verdadeira, que é secreta. Com a abertura democrática de

nosso país, cada vez mais vamos sabendo de coisas que são diferentes

daquelas aprendidas na escola. Uma delas é a respeito de Tiradentes.

Tiradentes não usava nem barba e nem bigode. Esta imitação de Cristo, foi

feita há tempos e sacramentada através da Lei Federal 4897 de 1966 pelo

presidente Castelo Branco, quando foi definido a imagem com barba e

cabelos longos de Tiradentes.

Poucos sabem que Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como



Tiradentes, era maçom, bem como quase a totalidade dos líderes do

movimento de independência. O movimento de independência tinha como

caráter principal três províncias do Brasil, Minas Gerais, Rio de Janeiro e

São Paulo, sendo que o resto do país deveria acompanhar as três províncias

citadas.

A Inconfidência Mineira começou em Vila Rica, que era a cidade

mais rica de Minas Gerais, tendo uma vida praticamente européia com

orquestras, teatros e grupos literários.

Em 1756 houve um grande terremoto em Portugal que destruiu quase

que toda a cidade de Lisboa. E quem arcou com os custos foi o Brasil, pois

o Marques de Pombal impôs uma cobrança sobre o ouro de 1/5 sobre o



peso do mesmo que deveria ser mandado a Portugal por um prazo de 10

anos consecutivos. Como sempre no Brasil, tudo que é definitivo é

provisório e o que é provisório é definitivo. Assim a cobrança do ouro

durou 60 anos.

O que houve foi que as minas de ouro em Vila Rica esgotaram-se e

os mineiros não tinham mais como pagar o quinto de imposto. Para piorar,

como o ouro estava diminuindo, Portugal estabeleceu uma cota fixa para

Vila Rica, devendo ser arrecadado de qualquer maneira 1.500 kg de ouro

por ano, não importando a quantidade de produção.

Na verdade ninguém sabe quem foi o verdadeiro líder da revolução,

mas não há dúvida que foi um movimento maçônico que lutava pela

independência do Brasil, contando com homens como o Coronel Francisco

de Paula Freire de Andrade, o engenheiro químico Dr. José Alvares

Maciel, o poeta e coronel Inácio José de Alvarenga Peixoto, o poeta e

magistrado Tomaz Antônio Gonzaga (autor das Cartas Chilenas e do poema



Marília de Dirceu) e outros.

O delator Joaquim Silvério dos Reis sofreu um atentado no Rio de



Janeiro e foi perseguido em Minas Gerais. Foi para Portugal onde foi

homenageado e recebeu alta condecoração do governo português,

ganhando também uma pensão mensal de 200 mil reis e teve uma vida

muito boa. Acompanhou D. João VI quando a família real veio para o

Brasil e quando retornou para Portugal.

Tiradentes foi preso em 1789, justamente o ano em que se deu a

revolução francesa e quando praticamente nascia a maçonaria no Brasil.

Tiradentes usava como desculpa para ir ao Rio de Janeiro, fazer um

plano de “puxar água potável” para a cidade.

É quase certo que Tiradentes esteve na França, onde se encontrou

com Thomas Jefferson, pedindo ajuda americana para a independência do



Brasil. A bandeira dos Inconfidentes, tinha como base um triângulo, que é

o símbolo base da maçonaria. A cor vermelha deste triângulo, se deve aos

brasileiros que se filiaram a maçonaria na França que era de tendência

republicana, enquanto que a maçonaria Portuguesa e Inglesa tinham

tendências monarquistas e tinham como símbolo a cor azul.

O enforcamento de Tiradentes se deu em 1792 no Rio de Janeiro, só

que foi tramado que os inconfidentes seriam exilados e que toda a culpa

seria somente de Tiradentes, que seria o bode expiatório.

A armação foi bem feita e Tiradentes foi substituído por um ator de

circo, o Sr. Renzo Orsini, que resolveu fazer o seu último papel, isto é, ser



enforcado no lugar de Tiradentes.

Tiradentes depois foi para Portugal, voltando depois ao Brasil e

viveu até 1818 quando reinava no Brasil D. João VI, o qual lhe dava uma

pensão. O historiador Assis Brasil cita que Machado de Assis, escreveu que



Tiradentes morreu de um antraz (bacilo infeccioso que produz pústula

maligna) e morava no Rio de Janeiro, na antiga Rua dos Latoeiros, que

ficava entre a Rua do Ouvidor e Rosário, em uma loja de barbeiro, sendo

que Tiradentes era dentista e sangrador (uso antigo de sanguessugas e

sangramento), cuja abertura de negócio se deu em 1810 a conselho do

próprio D. João VI.



Com o malogro da conspiração dos mineiros a maçonaria brasileira,

muito sabiamente ficou quieta até melhor oportunidade, reaparecendo na

Revolução Pernambucana de 1817 e que também fracassou. Novamente em

1822, a mesma proporcionou a Independência do Brasil.